Acompanhe nossa postagens no Google

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Vereador de Miracema participa de reunião com pastores para traçar metas com o seguimento evangélico

Fotos de Patricia Leal

Foto de Patricia Leal

O vereador miracemense, Leal Júnior (PR), recebeu em sua residência no último dia 28 de janeiro, lideranças e pastores de 10 igrejas evangélicas de Miracema, com o objetivo de declarar apoio ao segmento e traçar metas para que a comunidade evangélica também receba a atenção do Poder Público. Leal Junior é membro da Primeira Igreja Batista de Miracema. Em sua fala, Leal Júnior relembrou o dia quando houve uma reunião com alguns pastores quando falou do propósito de representar a classe evangélica, e que estava feliz em poder reunir-se novamente, agora com um grupo de lideranças bem maior que no ano passado. “Este era um desejo enfatizado desde a campanha eleitoral quando assumi o compromisso de ser representante de alguns seguimentos da sociedade, entre eles, o evangélico”, disse o vereador. 

Para Leal Júnior o seguimento deve estar unido para traçar metas em comum acordo. O parlamentar assumiu o desejo de ser um forte defensor dos interesses da classe evangélica em Miracema, na Tribuna da Câmara, junto ao Executivo Municipal e em qualquer outro lugar, onde houver necessidade. Leal disse que já se reuniu com a prefeita Magda Borba (PR), e que ela solicitou um calendário anual de atividades evangélicas, ao Conselho de Pastores, para que seja inserido nas atividades culturais da cidade. 

Dentre os pastores que também fizeram uso da palavra, o presidente do Conselho de Pastores e Ministros Evangélicos de Miracema (COPAMEM), Marcelo Borges Marinho, fez várias solicitações ao parlamentar e disse que os pastores entendem que é natural o apoio da prefeitura às festas tradicionais da cidade. "A Administração Pública é para todos, sei que é natural a realização das ‘festas tradicionais’ e outras festas, porque uma grande parcela da população gosta deste tipo de evento, porém entendemos que existem outras muitas pessoas que não participam, a exemplo, membros do seguimento evangélico", disse o presidente.


Já a pedagoga Patrícia Leal, enfatizou que o esposo e vereador Leal Júnior teve uma atitude sensata como parlamentar evangélico. Patrícia expôs sua ideia sobre o envolvimento do Poder Público em relação à Igreja. ”O Estado não deve sustentar a igreja no seu dia a dia, mas tem a obrigação de apoiar a realização de atividades coletivas para o bem da comunidade. Com esta atitude, a igreja não estará firmando aliança com o Governo, pois a igreja é composta por pessoas que fazem parte da população, com direitos e deveres como qualquer outro seguimento da sociedade”, frisou a pedagoga.

Diante da situação, o pastor Marcelo Borges, presidente do COPAMEM, solicitou o empenho do vereador junto à prefeita, por eventos sem o uso de bebidas alcoólicas e por apoio a atividades realizadas pelas igrejas, que acontecem paralelamente às festas tradicionais do município, como os congressos e retiros. “A administração pública precisa estar atenta ao grande trabalho social desenvolvido pelas igrejas em Miracema e ter as igrejas evangélicas como parceiras para o desenvolvimento e progresso de cidade”, finalizou.

Por Junior Maciel