Acompanhe nossa postagens no Google

domingo, 21 de abril de 2013

Senador Evangélico Magno Malta cobra redução da maioridade penal no Senado


O senador Magno Malta (PR-ES), em pronunciamento em Plenário nesta quarta-feira (17), opinou que o governo terá dificuldade de derrubar no Congresso projetos de redução da maioridade penal. Ele argumentou que a proposta tem expressivo apoio popular e que os parlamentares terão de prestar contas a seus eleitores. (Veja o pronunciamento no vídeo abaixo).
Malta ironizou a declaração do ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, que afirmou que a base de apoio ao governo votará contra a redução da maioridade. “Será que a base ouvirá a voz de comando de um ministro, só porque ele quer? E os estados? E os municípios? E as periferias?”, indagou.
Malta informou que pediu ao senador Pedro Taques, relator da comissão que estuda as alterações do Código Penal, que leve todos os projetos que sugerem a redução da maioridade para a discussão naquele colegiado. Um deles, de sua autoria, determina que quem cometer crime de natureza hedionda, independentemente da idade, perderá a menoridade para fins de responsabilização. Ele ainda sugeriu a criação de centros de reeducação esportiva que orientem os jovens infratores à prática de esportes de alto desempenho.
No pronunciamento, o senador citou pesquisa do Instituto Datafolha segundo a qual 93% dos moradores da capital paulista apoiam a redução da idade para imputabilidade (responsabilidade) penal.
Em apartes, o senador Luiz Henrique (PMDB-SC) declarou apoio à redução da maioridade penal ao considerar que no Brasil o voto é permitido desde os 16 anos, e o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) declarou sua convicção de que a garantia de uma renda mínima afasta adolescentes do crime.
Fonte: Agência Senado via verdadegospel.com
Assista ao vídeo: