Acompanhe nossa postagens no Google

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Missão Portas Abertas lança A Campanha de Oração pela Igreja Perseguida, edição 2013

Demonstre o seu apoio: participe do Domingo da Igreja Perseguida (DIP)!

 

Em pleno século 21, cerca de 100 milhões de cristãos enfrentam hostilidade e perseguição religiosa por seguirem a Cristo. Essa intolerância acontece por meio do governo, da sociedade e, principalmente, da família. A escolha de fé reflete-se em consequências como: encarceramento, agressões físicas e psicológicas, ameaças, desemprego e morte

SIteDIP2013_foto.jpg

Pare e pense: quantas vezes você foi à Igreja, somente nesse início de ano? Poucas? Muitas? Todos os domingos? Alguma vez você foi ameaçado, torturado, lamentou a morte de um amigo ou ente querido que perdeu sua vida por ter escolhido seguir ao Senhor Jesus? Há milhões de cristãos que passam por isso todos os dias. Eles formam o que chamamos de Igreja Perseguida.
"Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus." Mateus 5.10
Nosso papel é fazer o que estiver ao nosso alcance para minimizar esse sofrimento tão grande. O trabalho da Igreja brasileira, livre, é divulgar a causa desses irmãos e, juntamente com a Portas Abertas, servi-los como verdadeiros heróis da fé que são.

Ao chegar a um país, a Portas Abertas procura os cristãos locais e lhes pergunta como pode ajudá-los. Em 95% dos casos, esses cristãos pedem oração. O segundo pedido sempre é por Bíblias, materiais de estudo e treinamento. Será que todos os irmãos da sua Igreja sabem dessa necessidade? Será que todos estão cientes de que muitas famílias cristãs compartilham da mesma fé que suas famílias, mas não da mesma liberdade?
Você, que lê esse texto, tem agora a oportunidade de fazer algo em favor dos cristãos que foram presos, torturados, perderam seus empregos, vivem de luto por terem a certeza de que não há nada mais importante nesse mundo do que a salvação de suas almas e o evangelho de Jesus sobre suas vidas. Essas pessoas compreenderam o sacrifício do Filho de Deus na cruz e, por isso, não temem a morte. Sabem que nada poderá separá-las do amor de Deus (cf. Romanos 8.35).
Aceita o desafio de mobilizar mais e mais pessoas em prol da Igreja Perseguida? É muito simples e a Portas Abertas está aqui para te apoiar nessa empreitada: no dia 26 de maio de 2013 vamos te ajudar a promover o Domingo da Igreja Perseguida (DIP) na SUA igreja!
UMA CURIOSIDADEO Domingo da Igreja Perseguida (DIP) foi criado em 1987, pelo Irmão André (fundador da Portas Abertas) e tem sido realizado no Brasil desde 1988. A data em si varia de ano a ano, pois é marcada no domingo seguinte ao de Pentecostes. Este critério foi adotado porque, segundo o relato bíblico em Atos capítulo 4, o início das perseguições aos cristãos aconteceu logo após a descida do Espírito Santo, com a prisão de Pedro e João. Simbolicamente, portanto, podemos dizer que esta foi a "fundação" da Igreja Perseguida. 

FAÇA PARTE DO DIPTudo o que você precisa fazer é inscrever sua igreja, ser um organizador do DIP, incentivar o seu líder e o seu pastor a dedicar um tempo nos cultos para falar da Igreja perseguida. Do lado de cá, nós te auxiliamos com materiais para que você possa apresentar peças de teatro, promover bazares, mobilizar a escola dominical, os jovens, as crianças, levantar ofertas etc.

Cremos que quando um membro sofre, todos os outros sofrem com ele. Realizar o DIP significa lembrar e agir em favor dessa parte do Corpo de Cristo, em países como Coreia do Norte, Irã, Afeganistão, Eritreia, Nigéria, Colômbia, entre outros.
Contamos com você! Avise seu pastor e programe-se para realizar o DIP em sua igreja. Não desista! Continue agindo em favor de seus irmãos: torne-se um abençoador para aqueles que precisam permanecer firmes na linha de frente! 

Para inscrever sua igreja clique aqui e aproveite para dar uma olhada no material que disponibilizamos para download. Você só terá acesso ao kit do organizador depois de cadastrar sua igreja!

"Acredite: ainda hoje muitos cristãos sofrem perseguição por seguirem a Jesus Cristo. Mas por que o povo de Deus tem que sofrer? Porque existe uma batalha espiritual para que o evangelho de Cristo não seja proclamado e aceito. Porque em qualquer batalha há sofrimento, principalmente entre os soldados que lutam na linha de frente". Irmão André
Redação: Ana Luíza Vastag (Portas Abertas)