Acompanhe nossa postagens no Google

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

MORRE PASTORES DA QUADRANGULAR





  ACIDENTE MATA TRES EM RODOVIA NO PARÁ
 Os corpos do casal de pastores que morreu em um acidente de carro na PA-150 foram velados em uma igreja  bairro da Pedreira, em Belém, nesta sexta-feira (27). Muita gente passou pelo local para prestar homenagens à família.
Na igreja Quadrangular em Marabá, onde o pastor pregava, uma faixa preta simbolizando luto foi colocada no portão.  Já passava das 13h quando os corpos chegaram à sede estadual da igreja, na capital paraense, para serem Cleide dos Santos, de 44 anos, e o marido, José Mauricio Santos, de 51, e o filho Rafael, de 19, morreram na última quinta-feira (26) em um acidente no quilômetro 40 da PA-150, que liga Moju à Marabá. A família estava de carro e chovia muito quando José Maurício tentou ultrapassar um caminhão, mas acabou batendo de frente com uma carreta.
Segundo o irmão do pastor, ele estava vindo de Marabá à Belém, para fazer surpresa e passar festas de final de ano com a família. “Ele havia conversado com a minha mãe de que ele não viria. E quase sempre ele fazia assim, vinha de surpresa visitar a mãe. Mas não deu certo”, disse Hélio Junior.
Há cinco anos pastor e a família se mudaram para Marabá, onde ele ocupava o cargo de superintendente regional da igreja. Antes disso, José Mauricio havia sido pastor no bairro da Terra Firme e também nos municípios de Ananindeua e Santa Isabel do Pará. Foram 40 anos dedicados à Igreja Quadrangular.
RELATOS DO ACIDENTE:
Um acidente envolvendo um caminhão de transporte de dendê e uma caminhonete da marca Ford Ranger (placa NZC-0126), ocorrido na tarde da ultima sexta feira(27) na rodovia PA-150, entre Tailândia e Moju, causou a morte dos três ocupantes do veículo menor. 
As vítimas eram os pastores José Maurício Santos e Cleide Brito Santos, de 40 e 39 anos, respectivamente, que viajavam acompanhados do filho adolescente Rafael, em direção a Marabá. 
A pastora morreu no local da colisão, presa entre as ferragens da caminhonete, enquanto o marido e o filho ainda foram conduzidos para atendimento no hospital de Moju. Lá, porém, não resistiram à gravidade dos ferimentos e morreram no fim da tarde. O casal de pastores pertencia à Igreja do Evangelho Quadrangular, em Marabá. 
O motorista do caminhão, que presta serviços à empresa Agropalma, saiu sem ferimentos do acidente. 
As condições precárias da estrada podem ter provocado o acidente, pois obrigam os motoristas a fazer manobras bruscas para evitar os buracos e rachaduras na pista. Pessoas que costumam viajar pela PA-150 apontam o trecho entre Tailândia e Moju como um dos mais perigosos.
(Diário do Pará) 
CONDOLÊNCIAS:
A IGREJA QUADRANGULAR, TOCANTINS,na pessoa de seu supervisor Rev.Bispo Guaracy,juntamente coms seus superintendentes e pastores,juntam-se neste momento pesaroso,à IEQ Pará,consternand-se com o ocorrido.
fontes:G1\diario on line PA\ e Pr Joao Maria -IEQ Miracema