Acompanhe nossa postagens no Google

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

É realizado na capital do Tocantins o V Fórum de Lideranças Evangélicas do Brasil


Evento realizado em Palmas com lideranças nacionais
Em defesa da vida das famílias e dos valores cristãos, o Fórum Evangélico Nacional de Ação Social e Política (FENASP), a Associação dos Parlamentares Evangélicos do Brasil (APEB) e a Conferência dos Conselhos de Pastores do Brasil (CONSEPAB), em parceria com a Ordem de Ministros Evangélicos de Palmas (OMEP), realizou nesta sexta e sábado, 03 e 04, no auditório da Assembléia Legislativa do Estado, o V Fórum de Lideranças Evangélicas do Brasil.
Estavam presentes o deputado Estadual Eli Borges, pastor Claudemir Lopes presidente da OMEP-TO, responsável pela realização do evento em Palmas, o suplente de senador pastor Amarildo Martins, o vice-presidente da OMEP-TO pastor Suimar Caetano Ferreira, o deputado federal Júnior Coimbra, Eudes Pereira, Crimério Pacheco, Márcio Neres, o secretário do município Joel Borges entres outros. Para o vice-presidente da OMEP-TO pastor Suimar Caetano, os evangélicos tem que estarem mais atentos às leis quem estão sendo feitas no nosso país para não prejudicarem o povo de Deus.
O evento teve como objetivo trazer informações sobre leis que tramitam no Senado e Câmara dos deputados, o fortalecimento dos trabalhos sociais da igreja, bem como, a unificação da igreja em prol da realização de trabalhos em defesa dos valores cristão, das famílias e do Reino de Deus. Nas palestras foram discutidos os temas sobre a PL 122, pedofilia, drogas, aborto, pornografia, infanticídio entre outras questões sociais. Os palestrantes do evento foram:
Drª. Marisa Lobo/PR – Psicóloga, Pós-graduada em Saúde Mental, escritora e líder do movimento “Maconha Não”, que em sua palestra discutiu sobre seu trabalho frente ao movimento nacional contra a legalização da maconha no Brasil, as causas e efeitos das drogas nas pessoas e suas consequências na sociedade. Afirma que a omissão da igreja com relação a este mal está levando muitos para o inferno. Relata que o trabalho da igreja não é apenas cuidar do espiritual, mas também compõe sua tarefa o cuidar do bio, psíquico e social de seus membros e comunidade, e ainda reforça que “o que o mal precisa para prosperar, são homens de bens para se calar.”
Drª Damares Alves/DF – Advogada, educadora, secretária geral do FENASP, e secretária geral do movimento “Brasil Sem Aborto”, relatou sobre a importância de se estar acompanhando projetos de leis e discussões do Senado, Câmara dos Deputados e até questões que tramitam no judiciário, nos âmbitos municipais, estaduais e nacionais. Expõe as questões sobre o aborto, infanticídio, pedofilia, pornografia, dentre outros assuntos sociais. Ela afirma que essas questões também é pertinente a igreja e enfatiza que “enquanto a igreja se omite quanto a estas questões, a igreja acumula derrotas”.
Pr. Antônio dos Santos/SE – Deputado Estadual de Sergipe e Assessor dos parlamentares evangélicos do Brasil, descreve algumas questões sociais vividas pelo país nos últimos tempos e que deseja “ver a igreja reagindo, combatendo essa onda que está assolando a estrutura social do nosso país”.
Pr. Wilton Costa/DF – Presidente do FENASP, fala sobre a importância da união das igrejas quanto a estas questões sociais e de eleger representantes evangélicos no executivo, legislativo e judiciário, tanto em âmbito municipal, estadual e nacional, para  reforçar o combate a projetos que visam ferir princípios cristãos, sociais e morais.
O fórum contou com a presença de lideranças eclesiásticas, políticas e jurídicas de Palmas e região, sendo no final do evento eleita a comissão estadual do FENASP. Após, foi realizado uma oração de encerramento dos trabalhos.

Fonte: Jornaldamissao.net
Fotos Eliã Almeida, Ricardo Costa e João Paulo