Acompanhe nossa postagens no Google

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Como os dominadores do homossexualismo possuem o homem?



BATALHA ESPIRITUAL - ENTENDA : 
Como os dominadores do homossexualismo possuem o homem?
  1. PROCURAM FAMÍLIAS DESESTRUTURADAS
    1. Como já falamos, estes espíritos são treinados há anos e estão sempre em prontidão para agir. Eles vivem caminhando na terra, procurando famílias que estão, por algum motivo, sendo desestruturadas por investidas do seu exército. Quando uma criança nasce em um lar assim, estes espíritos dominadores recebem a incumbência de estar sempre acompanhando esta pessoa em sua vida diária. Ai começa uma investida para induzir o indivíduo ao homossexualismo. Pensamentos e situações produzidas pelo inimigo nesta área começam a acontecer com mais freqüência. Logo depois passa a ser um bombardeio constante na mente e nas emoções da pessoa.
    2. Os demônios fazem uma pressão exterior, consciente de que aquele indivíduo que está recebendo os ataques não tem uma estrutura interior para resistir por muito tempo.
  2. COMEÇAM PELAS BRECHAS
    1. Com as investidas, o demônio do sexo percebe que o indivíduo que está sendo atacado possui brechas em suas emoções, mente e espírito, e que ele pode entrar e possuí-lo a qualquer momento.
    2. As brechas são produzidas por falta de orientação dos pais, por um desajuste no relacionamento dos pais, principalmente, quando o casal e a família não estão andando de acordo com a palavra de "DEUS". Quando o inimigo encontra esta brecha ele passa a dominar o indivíduo. A carência de firmeza, proteção e amor do pai na infância pode gerar nas emoções da pessoa este tipo de brecha que os demônios desejam para induzir o indivíduo á prática do homossexualismo. O não posicionamento da mãe, no lugar que lhe cabe no lar, pode também produzir certos tipos de brechas. Quando a mãe assume o lugar que o pai deveria assumir, a possibilidade destas brechas de carência e insegurança existirem serão maiores. Brechas na mente e no espírito são produzidas por falta de conhecimento dos princípios da palavra de "DEUS" e por não praticá-lo.
    3. Uma pessoa que não pratica os ensinos da palavra do senhor, automaticamente tem sua mente desprotegida e sujeita a todo tipo de espírito. Os princípios de santidade que a bíblia nos ensina produzem no homem uma mente pura e fortalecida contra a investidas de espíritos. As brechas no espírito são conseqüência da falta de um relacionamento com "DEUS". Uma pessoa que tem um relacionamento constante com "DEUS", em oração e leitura da palavra, está com seu espírito protegido dos espíritos dominadores.
  3. TIRAM A SENSIBILIDADE
    1. "Antes se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se-lhes o coração insensato" (Rom. 1:21 b). A perda da sensibilidade vem quando o homem já não consegue entender o que a palavra de "DEUS" diz claramente. Conseqüentemente, o coração é obscurecido. Perdida a sensibilidade á palavra de "DEUS" e á voz do Espírito de "DEUS", a partir deste momento o indivíduo passa a depender de um toque sobrenatural de "DEUS" para que ele possa voltar ao normal. Quando o inimigo consegue anular a sensibilidade do homem com relação a "DEUS", seu domínio sobre a pessoa passa a ser total.
  4. DESPERTAM O DESEJO DO CORAÇÃO
"Por isso "DEUS" entregou tais homens á imundícia, pelas concupiscência de seus corações, para desonrarem seus corpos entre si" (Rm. 1:24).
O quarto ponto é quando a pessoa passa a gostar da prática do pecado: seus valores foram mudados e os seus desejos também foram mudados. O que ele fazia, movido por um demônio, agora faz parte da vontade do seu coração. Foram invertidos os valores e a própria vontade da pessoa. Os valores e a vontade que "DEUS" lhe deu foram permutados pelos valores das trevas e os desejos de satanás.
CAPÍTULO V – DOMINADORES DA IMPUREZA
"Falo como homem, por causa da fraqueza da vossa carne. Assim como ofereceste os vossos membros para a escravidão da impureza, e da maldade para a maldade, assim oferecei agora os vossos membros para servirem a justiça para a santificação (Rm. 6:19)
O apóstolo Paulo nos mostra que a impureza é uma força que escraviza o homem. São espíritos imundos, treinados, que têm como objetivo lançar na mente e nos sentimentos dos homens todo tipo de imundícia levando os mesmos a estarem acorrentados por pensamentos e sentimentos carnais.
Os meios de comunicação têm sido um canal desta imundície de satanás. Exemplos de impureza têm sido transmitidos através de filmes, novelas, comerciais e programa que bombardeiam a visão é a mente da humanidade. Se o homem soubesse que estes ataques do exército das trevas têm como objetivo sua própria destruição, começando pelos valores morais que o Senhor "DEUS" nos deu. Alguns se tornaram tão escravos da imoralidade que suas vidas diárias passam a ser em função dela. Prisioneiros na mente, não conseguem pensar em outra coisa, ficando exclusivamente á mercê destes espíritos imundos. Outros ficam tão presos a sentimentos impuros que agem de maneira irracional para conseguir o que seus sentimentos estão desejando. Estas atitudes mostram que os demônios estão exercendo domínio em suas vidas. Outros vivem aprisionados por sonhos imorais, que é uma das maneiras que estes espíritos usam para escravizar o homem. Quando os dominadores da imoralidade começam a controlar a vontade do indivíduo, este passa a ser escravo, agindo impulsivamente pelo espírito dominador. Por este motivo tem acontecido fatos escandalosos como estrupos, não somente de moças como de crianças inocentes, que estão se tornando alvos prediletos destes espíritos imundos. Temos conhecimento de vários casos onde o pai aproveita de sua própria filha para se satisfazer sexualmente. Este homem está totalmente dominado por um demônio de imoralidade. Os acontecimentos em nossos dias, na área sexual, demonstram que uma pessoa normal não faria certos tipos de abuso sexual. Agindo desta maneira comprovam que estão possessos por demônios. Certa vez uma senhora nos procurou e disse estar sendo perseguida por pensamentos imorais. Relatou-nos que, ás vezes, quando olhava para seu filho de quatro anos vinha em sua mente imagens de relações sexuais com ele. Somente uma pessoa que está sendo atacada por demônios de imoralidade tem pensamentos deste tipo. Uma pessoa livre nunca pensaria desta maneira. Quando mostramos a ela que o que a estava levando a pensar daquela maneira era um demônio, foi como se um novo ânimo brotasse em seu coração. E ela começou a ter vitória naquele momento. estes demônios imundos não resistem á autoridade da palavra do Senhor. Quando alguém que anda perseguido por eles exerce fé na palavra do Senhor, sua liberdade virá brevemente. Temos que orientar as pessoas que certos tipos de pensamentos e cenas não são provenientes delas mesmas, mas são sopros do exército dos demônios em suas mentes. Quando esclarecemos as pessoas e lhes mostramos que o que está acontecendo vem do inimigo, estaremos livrando-as de um sentimento de acusação terrível e levando-as a odiar estes demônios e a resistir a eles. Mas, como Igreja, devemos orar declarando a prisão dos espíritos dominadores da imoralidade, impedindo-os de escravizar o homem.

FONTE: http://www.obpcfranca.com.br/guerraespiritual.html