Acompanhe nossa postagens no Google

quarta-feira, 27 de junho de 2012

O QUE É DEPENDÊNCIA EMOCIONAL



O QUE É DEPENDENCIA EMOCIONAL

Dependência Emocional é  um estado no qual a pessoa sente-se totalmente dependente de outra pessoa para que possa sentir-se segura e funcionar adequadamente.
O dependente emocional acredita que a presença e atenção constantes de outra pessoa são necessárias para o seu bem estar e segurança pessoal.

Características de uma pessoa dependente emocional
É ciumenta ao extremo, possessiva e exige atenção exclusiva para ela.
Considera as outras pessoas como ameaças ao relacionamento com a pessoa em questão.
Prefere passar muito tempo a sós com o objeto de sua dependência.
Fica irracionalmente irritado ou depressivo quando a pessoa afasta-se ainda que seja por pouco tempo.
Não tem interesse por outras amizades ou relacionamentos.
Desenvolve fantasias românticas ou sexuais envolvendo a outra pessoa.
Fica preocupada com a aparência, personalidade, problemas ou interesses da outra pessoa.
Não faz planos a curto, médio e longo prazo sem envolver a outra pessoa.
Não vê os defeitos da outra pessoa de forma realista.
Demonstra afeição física inapropriada em uma amizade.
Comporta-se com a pessoa em questão de forma constrangedora a outras pessoas presentes.
Sempre fala sobre a outra pessoa e senti liberdade de falar por ela.
Como é mantida a dependência emocional
Através de manipulação financeira.
Atos exagerados de romantismo e presentes constantes.
Veste-se igual.
Carência excessiva.
Uso de culpa e condenação.
Uso de ameaças.
Boicote dos relacionamentos da outra pessoa com terceiros.
Provocação de insegurança na outra pessoa.
Abuso de tempo da  outra pessoa.
De onde provém a dependência emocional
A dependência emocional provém de rejeição real ou imaginária por parte de pessoas significativas na vida de uma pessoa.
Necessidade não satisfeita de amor e aprovação.
Baixa auto-estima.
Fracasso ou recusa em aceitar maturidade nos relacionamentos
Falta de confiança nas pessoas e necessidade de ter o controle na mãos.
Solidão, insegurança.
Raiva e amargura para com o sexo oposto.
Rebelião.
Como abandonar a dependência emocional
Faça um compromisso de ser honesto com você mesmo, com Deus e com uma pessoa de sua confiança.
Renuncie a idolatria inerente a dependência emocional.
Estabeleça limites relacionais e pessoais.
Prepare-se para enfrentar a tristeza da perda do “ídolo” e até mesmo para uma possível depressão.
Comece a lidar com a raiz do referido problema
Seja paciente, você sairá do império e da tirania da dependência emocional.
Como será a vida após a dependência emocional
Você terá um relacionamento mais profundo com Deus
Sentirá um amor mais saudável por si mesmo.
Terá uma liberdade maior para amar o próximo.


EM BREVE PUBLICAREMOS UM DEVOCIONAL PARA QUEM QUER SE LIVRAR DA DEPENDÊNCIA EMOCIONAL