Acompanhe nossa postagens no Google

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Segundo Domingo de Junho. Dia do Pastor


Imagem da Internet. Universidade da Biblia
Talvez nem todos lembraram de abraçar e orar por seus pastores neste último domingo, mas o segundo Domingo de junho Comemora O "Dia do Pastor", pelo ao menos para a maioria das denominações evangélicas no Brasil.

Por iso se você não fez isso pode fazer hoje mesmo, pois os pastores são verdadeiros intercessores por tantas pessoas e as vezes pensamos que eles não precisam de orações. Na verdade são seres humanos como nós que Deus escolheu e os chamou pra cuidar de suas ovelhas. esta é uma grande responsabilidade pois afinal, pra nos fazer ovelhas de seu pasto foi que Cristo morreu na cruz por nós.

O pastor sendo ser humano falho tem a responsabilidade de cuidar do bem mais precioso de Deus nesta terra, o seu rebanho, então ele precisa de muitas orações sempre, pois sua responsabilidade é muito grande.

Por isso o Tocantins Gospel Parabeniza com alegria todos os pastores chamados, vocacionado e capacitado por Deus.

Saiba um pouco sobre o dia do Pastor:

As informações divergem quando se pensa na história do Dia do Pastor.

Para os batistas, comemora-se no segundo domingo de junho.

Parece que a idéia não surgiu nos Estados Unidos onde os pastores sempre tiveram muito conceito e influencia. Pelo menos não temos lido nos jornais evangélicos norte-americanos qualquer coisa a respeito de um dia especial consagrado aos pastores. Assim cremos que a idéia é brasileira e que surgiu entre os batistas. Indo um pouco mais longe, julgamos que a iniciativa foi da Junta de Beneficência. Nesse caso, então uma idéia brasileira e batista.

Um recorte do Jornal Batista, datado de 8 de junho de 1975, conta a história de como foi instituído o Dia do Pastor.


De acordo com os escritos da época, sempre no segundo domingo de maio, era comemorado o Dia da Junta de Beneficência da Convenção Batista Brasileira
 
Como a Junta existia para ajudar os pastores, a Convenção Batista resolveu que, no lugar do Dia da Junta, existiria o Dia do Pastor. Como a Junta dividia a data com o Dia das Mães, também ficou resolvido que a comemoração passaria do segundo domingo de maio para o segundo domingo de junho.


Assim foi criado um dia para valorizar aquele que, por amor à obra de Deus, cuida das ovelhas do Senhor.
 
Com informaçoes dos sites:
http://ibatistaesperanca.blogspot.com.br/2011/06/historia-do-dia-do-pastor.html
http://cibi.org.br/umbi/1008-origem-do-dia-do-pastor